www.cangucuonline.com.br

Leitora da Trapeira chama atenção para a frequente ação de bandidos

1.205

Uma leitora, que pediu para não ter a identidade revelada por questões de segurança, filha de agricultores que possuem propriedade rural na localidade da Trapeira, 4º Distrito, entrou em contato com a reportagem do Canguçu Online para fazer um alerta às autoridades em respeito a onda de crimes que vem acontecendo naquela região.

De acordo com a mulher, casos de abigeatos e roubo de animais são constantes na localidade, e a principal renda de sobrevivência de sua família é a criação de animais, como gado de leite e de corte.

Leia o relato seguido de desabafo da mulher à reportagem do Canguçu Online:

Meu pai teve uma vaca roubada, que estava gorda e prenhe. Tentaram levar uma terneira também, mas não conseguiram. Na mesma noite, o portão do campo que fica em frente à casa, foi aberto. O cachorro deu sinal e, provavelmente, os bandidos fugiram por isso.

Gastamos com vacinas, já registramos todos os animais no órgão competente e tudo isto demanda tempo e dinheiro. Ter o gado roubado é um prejuízo enorme e desanimador.

Estou relatando estes acontecimentos porque não é só do meu pai que os bandidos estão roubando o gado. Vários vizinhos estão sofrendo e tendo prejuízo com o mesmo problema.

Se o produtor fazer alerta na região, os ladrões voltam e roubam de novo como represália. Para terem ideia, uma vaca roubada gera um prejuízo de mais de R$ 1 mil. Com uma cria, eleva ainda mais o prejuízo.

Canguçu é um município com base na agricultura familiar, tem que haver mais comprometimento com os agricultores. Os roubos acontecem à noite e essa carne deve ir pra algum lugar, tem que haver receptadores pra essa carne, caso contrário, não haveria tanto roubo e abate de gado clandestino.


ENVIE A SUA NOTÍCIA:
Comentários
Carregando...