www.cangucuonline.com.br

Por Onde Anda? Gustavo Rodrigues é trainee em fazenda nos EUA

1.980

O canguçuense Gustavo Fonseca Rodrigues, 26 anos, viajou em 2018 para os Estados Unidos após concluir o curso superior de Agronomia na Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Ele participa de um trainee na fazenda F&S Farms, em Carroll, no Estado de Nebraska.

Em entrevista ao Canguçu Online, Gustavo Rodrigues conta a rotina em solo americano.

A fazenda cultiva 6.500 acres, sendo basicamente 50% milho e 50% soja. A produção de milho atende um confinamento de gado da propriedade com capacidade para 10.000 cabeças. No setor da agricultura, eu atuo desde a manutenção e regulagem de máquinas e implementos agrícolas, adubação, preparo de solo, plantio, aplicação de defensivos agrícolas, produção de silagem e colheita. No confinamento, eu atuo na alimentação, manutenção da infraestrutura, na identificação e vacinação do gado.
Gustavo Rodrigues, em entrevista ao Canguçu Online.

Nas cidades pelas quais passou, ele avalia o que serve de referência ou exemplo positivo e poderia ser implantado em Canguçu.

A segurança. Tanto na cidade como na área rural. Aqui não existem grades e não se tranca portas. Como no inverno passamos por temperaturas extremas (cheguei a pegar -29°C de temperatura com sensação térmica de -45°C), as pessoas vão ao supermercado, por exemplo, e deixam seus carros ligados no estacionamento com o ar condicionado no modo quente, para que quando voltem o ambiente esteja aquecido. Talvez Canguçu esteja distante disso hoje, mas é uma cidade muito forte em vários setores e espero que, com o tempo, siga se desenvolvendo e consiga cada vez melhor educar e cuidar desse povo tão trabalhador e merecedor.

Família Schmale, proprietária da fazenda F&S Farms, recebe Gustavo para a ceia do do Natal de 2018 (Foto: Arquivo pessoal)


SAUDADES DE CANGUÇU

Desde que viajou, o canguçuense não teve a oportunidade de retornar à terra natal para rever família e amigos. Ele pretende fazer isso neste mês de outubro.

Para buscar crescimento na profissão no exterior, Gustavo carrega a saudade da mãe, Maria Helena Fonseca Rodrigues, hoje vice-diretora do Colégio Aparecida, dos dois irmãos, Marcus e Antônio, e dos quatro avós, Gicelda e Clementino Carlos Fonseca, Nelba e Alvacir Rodrigues.

Sinto falta, principalmente, da família e dos amigos. Mas também sinto falta de passar os finais de semana nas propriedades dos meus avós no Posto Branco e na costa do Arroio do Bica, de cultivar a tradição gaúcha com o Piquete Coice na Cola, O Vanguardeiro e na Cavalgada da Amizade e também de jogar nosso Campeonato Municipal de Campo pelo CER Verona.


QUEM É GUSTAVO RODRIGUES?
Gustavo Fonseca Rodrigues, 26 anos
, residiu em Canguçu entre os anos de 1993 e 1995 e de 2000 a 2009. A saída de Canguçu em 1995 foi para acompanhar a transferência do pai, que era bancário, para outra cidade. Depois disso, no ano de 2000 ele e a família regressaram para Canguçu. O então adolescente dividia o tempo entre as aulas no Colégio Franciscano Nossa Senhora Aparecida e a invernada artística do CTG Sinuelo.

Em 2009, ele foi morar em Pelotas para fazer o Ensino Médio e o curso de Agronomia na Universidade Federal de Pelotas (UFPel).


PARTICIPE DA SEÇÃO “POR ONDE ANDA?”
Na seção especial “Por Onde Anda?”, o Canguçu Online conta histórias de canguçuenses que foram buscar crescimento profissional e construíram carreira em outras cidades, estados ou países.

Para participar da seção, envie e-mail para [email protected] com o nome completo, cidade onde mora e profissão ou ocupação e o Canguçu Online retornará o contato.

Comentários
Carregando...