www.cangucuonline.com.br

Reflexo da Operação Tio Patinhas na região de Pelotas

358

A Receita Federal divulga nesta quarta-feira, 03, resultados parciais da Operação Tio Patinhas. O dinheiro em espécie declarado diminuiu R$ 1 bilhão no Estado no primeiro mês da operação. Na Serra Gaúcha, onde o órgão iniciou a ação especial, contribuintes informaram R$ 620 milhões a menos em “dinheiro vivo”. Segundo o auditor-fiscal Kiyoshi D’Avila Matsuda, coordenador da Tio Patinhas, o número expressivo de retificadoras confirma a suspeita de que declarações foram transmitidas com informações inverídicas. “Nenhum contribuinte intimado até agora comprovou a existência dos valores informados”, destaca. Nos casos em que houve a conferência de dinheiro, os auditores-fiscais verificaram que o montante era inferior ao declarado. Além das pessoas físicas intimadas na primeira fase, a receita identificou contribuintes que regularizaram espontaneamente as informações, corrigindo o valor declarado.

Em Caxias do Sul, mais de mil declarações foram retificadas, reduzindo o dinheiro em espécie declarado em R$ 245 milhões. Os municípios com maior número de retificadoras são Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Porto Alegre.

No município de Pelotas foram apresentadas 24 declarações retificadoras, com valor de R$ 3,7 milhões. Enquanto que, na jurisdição da Delegacia da Receita Federal de Pelotas, foram 45 declarações retificadoras, com uma redução no montante declarado em moeda nacional em espécie de R$ 7,7 milhões. Em Bagé, município que também integra a jurisdição, 3 contribuintes apresentaram autorregularização, atingindo um total de R$ 475.000,00.

Novas intimações para prestar esclarecimentos serão expedidas até o final desta semana.

 

Fotos Divulgação (em anexo) – Thiago Terra/Receita Federal

Comentários
Carregando...