www.cangucuonline.com.br

Pedro Pereira: Aumento de salários de diretores do Banrisul é ‘piada’ e ‘tapa na cara’

481

O deputado estadual Pedro Pereira (PSDB), colega de partido do governador Eduardo Leite, fez o discurso mais enfático desta terça-feira (14), na Assembleia Legislativa, contra o possível aumento salarial dos diretores do Banrisul. Pereira classificou a possibilidade de aumentos salariais dos gestores do banco como “piada”, “tapa na cara” e “aberração”.

— Nada contra os nomes. O que me revolta é esta aberração de passar de R$ 40 mil para R$ 90 mil os salários dos diretores, e o do presidente de R$ 50 mil para R$ 100 mil. É piada. É uma afronta. Um murro na cara dos gaúchos e gaúchas que trabalham ganhando mil reais. Professor que ganha dois mil e pouco.

Com a reclamação ganhando eco nos deputados aliados, o governo perdeu apoio para a proposta e, com medo de ser derrotado, orientou a base a retirar o quórum para aprovar a indicação dos nomes escolhidos por Leite para o Banrisul.

O Conselho do Banrisul decidiu ampliar de R$ 15 milhões para R$ 20 milhões os recursos destinados aos salários dos diretores. O banco e o governo não confirmam qual o aumento efetivo de salário que é pensado para o comando do banco. No entanto, na Assembleia, deputados da base aliada trabalham com a informação de que os valores mais que dobrariam, chegando a R$ 90 mil para diretores e R$ 110 mil para o presidente.

O deputado Sebastião Melo (MDB) foi um dos primeiros a levantar o dedo contra a medida.

— É falta de transparência do governo. Se continuar assim, voto contra — disse Melo.

Na segunda-feira (13), Melo formalizou um pedido de informação para que o governo do Estado informe qual o atual salário dos diretores e os vencimentos previstos para o restante do ano.

Informações: Gabriel Jacobsen – GaúchaZH

Comentários
Carregando...