www.cangucuonline.com.br

Geisa Coelho: Educação ou Instrução

127

Num tempo em que crianças começam sua vida social antes mesmo do primeiro ano de idade, em creches, escolinhas, aulas de dança, línguas, esporte, entender a diferença entre Educação e Instrução é um importante passo a ser dado para que a educação não seja confundida com instrução.

Entendamos “instrução” como o ato de oferecer ao sujeito algo relativamente pronto para ser memorizado como as regras de uma língua, tabuada, fórmulas, orações, movimentos, etc. Já “educação” é um conjunto de medidas que irão disciplinar e ajudar o indivíduo a se apropriar de meios que o levem a ampliar seus horizontes para que, ao longo da vida, ele progrida sozinho.

Sabemos que o Rio Grande do Sul é visto como o Estado que mais preza e cuida de suas tradições. Grande parte dessa instrução nossas crianças e jovens recebem nos CTGs. Lá, aprendem a dançar, declamar, contar casos.  Entretanto, geralmente a instrução tem fim em si, e pouco levará além da proposta imediata, mas que é muito importante para o desenvolvimento das crianças e jovens.

Já educar é proporcionar meios a instrumentalizá-lo para que aprenda ouvir, para que compreenda, reflita e reveja suas atitudes, para que aja por sua consciência e de acordo com valores morais e humanos. Um indivíduo terá tanto mais cidadania quanto mais perceber, concluir e evoluir como pessoa se amparado no conhecimento adquirido e advindo da educação.

Evidentemente precisamos ser tanto instruídos como educados. Vide a importância socialdos esportes, das igrejas, dos clubes… O fato é que instrução é apenas um aspecto que compõe a educação. A educação é ampla e abarca a instrução. É por meio da educação que reforçamos os valorese princípios desejáveis à formação da personalidade e do caráter. A educação é o mais eficiente meio de resistir aos modismos e falácias que, glamurizados pelo desconhecimento, sacrificam a dignidade humana e a Nação.

 

 

Comentários
Carregando...