www.cangucuonline.com.br

Publicidade

O caminho, passos que te levam a realizar sonhos: emoções

Me deparo todos os dias com situações onde fico irritado, triste, com medo, inseguro, preocupado, frustrado, arrependido, em outros instantes  vivencio momentos de alegria, amor, calma, felicidade, apreciação, empolgação, coragem, presença e gratidão. 

(Foto: arquivo pessoal)

Como diz o rei Roberto Carlos, “são tantas emoções”. Quais emoções você tem sentido? Como tem lidado com elas? Quantas vezes tem tirado tempo para interpretá-las questionando-se o  porque elas fazem parte de tua existência.

Saber dar nome ao que sentimos é por demais importante, se pudéssemos ficaríamos só com o que é bom, mas nossa existência está em tudo, como reagimos quando estas emoções aparecem, fará toda a diferença em quem somos e onde chegaremos. Podemos ser reativos e transformar em caos nossa vida ou aceitar que tudo é aprendizado, acolhendo com amor.

Fazendo o melhor para transformar a situação em oportunidade exercitando a inteligência emocional e desenvolvendo o autoconhecimento, como o famoso ditado popular, “fazer do limão a limonada”.

“A palavra emoção em sua raiz indica a ideia de movimento. Grande parte de nossas decisões e ações vem dessa movimentação, que pode ser consciente ou não.” Monja Coen

Quando identificar uma emoção abra em sua mente perguntas: de onde esta emoção vem? Por que ela existe? O que devo fazer com ela, potencializar ou elimina-la? Se eliminar como faço isso? Faça outras perguntas que fizer sentido para você, perguntas abrem possibilidade afirmações te limitam.

Falaremos de perguntas em outro momento, observe elas e reflita sobre o que significam para você. Elas podem vir misturadas, durante esta semana até o próximo texto apenas as observe-as, depois comente aqui, caso sinta leveza em fazer isso, pode ser somente para mim caso queira ou até mesmo escreva para você o que observou deixando sua mente vazia.

Não se engane, pode ter emoção que por achar que é errado você se autos sabota não deixando vir a tona, deixa fluir aprendendo a lidar com ela, de forma transparente, até que a consciência traga compreensão e te leve a fluir. Converse sobre emoções com pessoas que considera especial para você, veja outro ponto de vista ampliando o seu. Em situações desconfortáveis observe o que vem a tona fique atento em estado de presença.

No trabalho, observe o que pode fazer para que suas emoções seja contribuição, não fique preocupado em resolver tudo, apenas observe e entenda que tudo faz parte, quando fluir estará tomando as melhores decisões por não ser reativo. Como indica Augusto Cury, “sua paz vale ouro”, utilize a ferramenta de criticar, duvidar e criticar novamente o que te impede de viver em paz. 

Construa a roda da sua vida, praticando se autoconhecer, olhando para quem é, como se fosse fazer uma viagem e os pneus do seu carro tenha que estar cheio e calibrado para fluir, estando vazio sua vida fica arriada. Se colocar macaco para levantar o carro é como se você estivesse sempre precisando de alguém para seguir em frente, nela vamos enxergar quais emoções estão mais presentes te prendendo ou que te impulsionando.

Seja verdadeiro consigo, comece exercitar aqui uma hábito que falaremos mais a frente, o hábito da verdade com você. Reproduza este exemplo de forma simples, rabisque em um papel, coloque as emoções que vier em sua mente, colorindo, dê uma nota para cada emoção de zero a dez, use a mesma cor para poder visualizar melhor o formato desta roda, sendo 0 (zero para àquela que não desenvolve) e 10 (dez) para a que tem muito forte. 

Exemplo: se tiver umas com a nota 4, outras com 2 outra com 8, esta roda da vida estará  indicando um desequilíbrio, procure trazer as emoções para uma uniformidade até que esta roda esteja a mais perfeita possível e possa seguir sua viagem com leveza, depois potencialize todas juntas para que chegue ao número 10 tornando equilibrada sua vida.

Descreva em torno de 20 emoções ou mais se quiser, enxergue suas emoções, ao passo que parar um pouquinho para este exercício já estará tomando rédeas de sua existência, se tiver dificuldade chame-me no direct do Instagram. Aguardo seus comentários se fez sentido ou não este exercício e o que mudou depois de uma semana de observação.

Instagram @evadison.braga 

E-mail [email protected]

Comentários
Carregando...