www.cangucuonline.com.br

Adão Silva: Vamos ser honestos, cordiais e amigos no Ano Novo?

55

Diariamente, recebemos pelas redes sociais lindas mensagens, as quais nos alegram e nos encorajam para continuarmos a caminhada. Por outro lado, também é inegável a carga de notícias que nos entristecem, pois, hoje um fato acontece nos lugares mais longínquos e na mesma hora chega até nós, o que há poucos anos atrás não acontecia.

Quantas vezes à noite nos chegam notícias dos mais variados crimes e, pior, contra pessoas indefesas. Notícias de terremotos, multidões deixando seus países, fugindo da fome e da guerra. Pergunto: Será que estamos nos acostumando, ou ainda perdemos o sono preocupados com o crescimento de tanta maldade?

Não faz tantos anos, lá fora, o trabalho era mais difícil, mas o sono era melhor, pois quando as notícias chegavam o fato já havia ocorrido há muito tempo. Outro fato comum é nos depararmos nas redes sociais com comentários ofensivos, simplesmente por discordar de algum ato praticado por alguém, ou pior, discutem religião, partido, futebol, etc., que muitas vezes acaba em inimizade entre pessoas “amigas”.

Este é um Novo Tempo que estamos vivendo! Uma realidade que está avançando com uma velocidade enorme, por isso, me atrevo a sugerir uma mudança de comportamento. Como humanos que somos, todos nós estamos sujeitos ao erro, mas respirar e contar até três antes de uma resposta é muito valioso e inteligente e, se não der tempo, pedir desculpas ainda não significa medo e nem cafonice, mas sim um gesto de educação e humildade.

Claro que podemos comentar nossas contrariedades, claro que podemos protestar, é democrático, mas isso tudo é possível sem perder os laços de amizade e, principalmente, para quem vive numa pequena comunidade, que filhos e netos se divertem e brincam juntos.

Vamos mudar essa realidade? Ano Novo, tantas felicitações, foguetórios, famílias reunidas e muitos abraços, tudo isso é válido e bonito, é sinal de alegria e esperança, mas nada melhor aos olhos de Deus que o Amor, a União e o Respeito entre todos, sem distinção de credo, raça e cor.

Não importa se alguém mora num rancho ou numa mansão, não importa o valor disponível na conta bancária, importa sim: sermos honestos, cordiais e amigos. Afinal, somos todos irmãos. FELIZ ANO NOVO!

Comentários
Carregando...