www.cangucuonline.com.br

Adão Silva: Como lidar com as adversidades

48

Queiramos ou não estamos vivendo um tempo diferente. É fácil de percebermos o grau de estresse da grande maioria das pessoas, basta acessarmos as redes sociais, ouvirmos os meios de comunicação, lermos jornais, ou mesmo em conversas informais, e analisarmos um alto índice de medo, raiva, preocupação e falta de paz, fatores que causam enorme ansiedade, insônia, e em consequência disso a doença.

Acredito que, as causas de tudo isso é motivado por uma carga imensa que diariamente recebemos de informações e notícias, que além de tristes são recheadas de palavras emotivas que entristecem quem as recebe. Vivemos a época dos Fake News, que nos assustam com as mais variadas notícias, desde os alimentos, medicamentos, crimes e todas as demais coisas que envolvem nossas vidas.

Chegamos em casa após um dia de trabalho, ao invés de relaxarmos ligamos no noticiário da televisão e as notícias prioritárias são de acidentes, crimes e roubos. Dizem que é assim porque dá audiência maior, e sendo assim, então nossas preferências estão erradas.

O perdão, o amor, a solidariedade e a cumplicidade com o próximo estão sendo esquecidos, não só pelos crimes contra a vida, não só por baterem e ferirem adultos e até crianças e idosos indefesos, não só pelos estupros e os atos mais cruéis que diariamente chegam ao nosso conhecimento, mas também por palavras ofensivas dirigidas a pessoas, e até amigos, simplesmente por divergirem em ideias.

Existem muitos fatores que contribuem para essa ansiedade que toma posse da maioria das pessoas, e cada um de nós precisa descobrir em que precisamos mudar.

A ganância, o ciúme, o ódio, a discriminação, a vaidade, o consumismo, o poder, são alguns dos fatores responsáveis pelo afastamento e fragilidade das pessoas.

Precisamos de DEUS em nossas vidas, ter fé e esperança em dias melhores, pensar positivamente, viver o hoje sem se preocupar com o que aconteceu ontem, ou o que vai acontecer amanhã, perdoar e amar, não somente os que estão próximos e que gostam de nós, mas a todos, pois isso nos faz muito bem, cicatriza as feridas e alegra o coração.

Comentários
Carregando...