www.cangucuonline.com.br

Publicidade

Professora canguçuense da UFPel, Márcia Foster Mesko, recebe Prêmio Jovem Talento em Química Analítica

Certificação nacional visa reconhecer jovens pesquisadores com carreira de destaque

A professora canguçuense Márcia Foster Mesko, do Centro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos da Universidade Federal de Pelotas (CCQFA/UFPel), foi agraciada, recentemente, com o Prêmio Jovem Talento em Química Analítica. A edição de 2021 deve ocorrer em uma cerimônia a ser realizada em dezembro, na São Paulo Expo, na cidade de São Paulo, SP.

Natural do município de Canguçu, Mesko é filha de Flora Geni Foster Mesko e Valter Ribeiro Mesko, que residem em Canguçu. “Sempre que possível eu vou a Canguçu para visitá-los”, afirma. O prêmio que recebeu é referência em sua área e consiste em um diploma de reconhecimento ao mérito e um voucher de inscrição para um evento científico de escolha da premiada.

A premiação visa reconhecer jovens pesquisadores com carreira de destaque nas áreas de Química Analítica e Bioanalítica. A escolha do pesquisador a ser premiado é feita por uma comissão técnico-científica designada pelo editor-chefe do BrJAC.

Ligação com Canguçu

Conforme contou, toda sua formação de ensino fundamental aconteceu no município. Márcia residiu no Arvorito, 3° distrito, até completar a 4° série, na época. E, depois, sua família foi morar na cidade para que pudesse dar continuidade aos estudos na Escola Estadual João de Deus Nunes (JDN). Em sequência, cursou o Técnico em Química na Antiga Escola Técnica Federal de Pelotas, atual Instituto Federal Sul Rio-grandense.

Além dos pais, ela também tem vários familiares e amigos que residem em Canguçu. Além de alunos que se formaram nos cursos da UFPel, principalmente Farmácia Farmácia Química Forense) que residem em Canguçu. “O que me deixa muito feliz e honrada de fazer parte da trajetória e contribuir de formação profissional deles”, enfatiza.

“Meus pais adoram ir nas Farmácias da cidade e saber que muitos(as) profissionais que os atendem foram meus(minhas) alunos(as)” comemora.

Formação

A professora Márcia Foster Mesko possui graduação em Bacharelado e Licenciatura em Química pela UFPel, mestrado e doutorado em Química (Química Analítica) pela Universidade Federal de Santa Maria. É professora Associada da UFPel (desde 2009), e atua nos Cursos de Bacharelado em Farmácia e Química Forense, além de ser pesquisadora nos Programas de Pós-Graduação em Química, Bioquímica e Bioprospecção e Ciência e Tecnologia de Alimentos da UFPel.

A docente é membro afiliada da Academia Brasileira de Ciências e membro titular da Academia de Ciências Farmacêuticas do Brasil/Academia Nacional de Farmácia, desde 2020. Além disso, é Bacharela e Licenciada em Química, pela UFPel e Mestre e Doutorada em Química pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Apoio da família

A professora conta que sempre teve o apoio e incentivo de sua família. “Em especial dos pais e irmãos, Eduardo e Leonardo, além de muitas outras pessoas que foram muito importantes na minha trajetória”, conta.

Sobre sua formação “sempre gosto de enfatizar que fiz toda minha formação desde o ensino fundamental até a pós-graduação em instituições públicas de ensino. Assim, hoje ser professora e pesquisadora, primar pela formação de qualidade dos estudantes é um pouco do que posso contribuir para a sociedade. Sou imensamente grata aos meus(minhas) professores(as), especialmente, aos mais exigentes, pois sem eles(as), eu também não estaria aqui. Tenho ótimas lembranças da minha época de escola, e um carinho especial, por todos que convivi”, reforça.

Sobre o prêmio

Em 2019, o Brazilian Journal of Analytical Chemistry (BrJAC) criou o “Prêmio Jovem Talento em Química Analítica” para reconhecer jovens pesquisadores que são destaque nos ramos de conhecimento da Química Analítica e Bioanalítica. A escolha do pesquisador a ser premiado é feita por meio de uma comissão designada pelo editor-chefe do BrJAC. Esse prêmio é de caráter anual, e a cerimônia de premiação ocorre em eventos realizados no Brasil e relacionados à química analítica, como o Encontro Nacional de Química Analítica (ENQA) e o Congresso Analítica América Latina, que ocorrem em anos alternados.

*Com informações assessoria de imprensa da UFPel

Comentários
Carregando...